BARILOCHE

O post de hoje é sobre um dos lugares mais bonitos e aconchegantes que já visitei. San Carlos de Bariloche, mais popularmente conhecido como Bariloche.

É uma cidade da Argentina, localizada na província de Río Negro, junto à Cordilheira dos Andes na fronteira com o Chile.

A principal atividade econômica de Bariloche é o turismo. Além das montanhas onde se podem praticar esqui e “snowboard” (Cerros Catedral e Tronador) destacam-se o Parque Nacional Nahuel Huapi, a travessia dos lagos andinos até o Chile, a Isla Victoria (no lago Nahuel Huapi), a região de El Bolsón (ao sul da cidade), a Colonia Suiza e os percursos turísticos chamados Circuito Chico e Circuito Grande, com paradas em vários pontos de onde se têm vistas panorâmicas dos bosques e montanhas ao redor da cidade. Seu comércio voltado para o turismo é principalmente de artigos de lã, couro e chocolates.

Villa Cerro Catedral

Villa Cerro Catedral

Para os interessados em turismo de aventura, há opções de “rafting“, cavalgadas, “parapente” e ciclismo de montanha.

Eu visitei a cidade no mês de Novembro, ou seja no verão, e apesar do forte da cidade ser os circuitos de ski, confesso que me surpreendi com a beleza da cidade no período.

Fiquei hospedada no hotel Panamericano, que fica localizado ao lado do Lago Nahuel Huapi. A vista dos quartos é incrível.

Vista do quarto do hotel

Vista do quarto do hotel

O pessoal do hotel foi super atencioso e muito educado, sempre nos ajudando, uma vez que as empresas responsáveis pelos passeios lá tem o “hábito” de atrasar bastante na hora de nos pegar no hotel.

Claro que pretendo voltar durante o inverno, mas há algumas vantagens de se visitar a cidade durante o verão, uma vez que alguns locais ficam inacessíveis durante o inverno.

Um desses locais é a Ilha Victoria (Isla Victoria), que com certeza foi um dos lugares mais bonitos que visitamos lá. As árvores são centenárias e a natureza parece intocada. É um lugar que traz muita paz, ótimo pra recarregar as energias.

Iha Victoria (Isla Victoria)

Iha Victoria (Isla Victoria)

Chegada à ilha Victoria

Chegada à ilha Victoria

Isla Victoria

Isla Victoria

Outro lugar que só se consegue visitar no verão (porque no inverno os acessos ficam fechados) é o Cerro Tronador.  Esse é daqueles lugares obrigatórios, que você não pode deixar de ir.  A viagem até lá é bem longa (cerca de 90km) e cansativa, mas a recompensa é um visual maravilho. Eu peguei um dia bem quente, com muito sol.

Cerro Tronador

Cerro Tronador

O centro cívico da cidade é o ponto de saída para diversos passeios na região. A praça concentra a prefeitura, museus, correios entre outros e é bem ao estilo europeu, com uma arquitetura muito bonita.

Nessa praça também ficam alguma pessoas com cães da raça São Bernardo para quem se interessar em tirar fotos.

Centro cívico

Centro cívico

Image

Centro cívico a noite

Apesar de pequena, Bariloche possui uma vida gastronômica bem agitada, com diversas opções de cardápio, com restaurantes muito aconchegantes. Foi lá que comi as melhores massas e o melhor bife de chorizo.

Comemos em diversos restaurantes, mas um dos mais gostosos e aconchegantes foi o “El Boliche de Alberto” (melhor bife de chorizo ). 

Um fato curioso sobre esse restaurante é quando um cliente dá um gorjeta que eles consideram boa, o garçom sai correndo e toca um sininho!!!

El Boliche de Alberto

El Boliche de Alberto

Bife de Chorizo - El boliche de Alberto

Bife de Chorizo – El boliche de Alberto

Chimichurri (delicioso)

Chimichurri (delicioso)

Bom, vou ficando por aqui, cheia de saudades.

Quem tiver a oportunidade, não deixe de conhecer!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s